Secretário de desenvolvimento agrário esteve em Guaxupé para uma reunião da sede da Amog

A secretaria de estado de desenvolvimento agrário, em parceria com a fundação João Pinheiro, irá desenvolver um diagnóstico sobre a situação das trabalhadoras rurais em Minas Gerais. Para isso, um termo de descentralização de crédito orçamentário no valor de R$ 182,5 mil foi assinado entre as instituições para o desenvolvimento do projeto de “pesquisa e diagnóstico da situação socioeconômica das trabalhadoras do campo de Minas Gerais”. O objetivo do trabalho é construir um primeiro retrato da situação socioeconômica das trabalhadoras do campo no estado, a partir de levantamentos e análise de dados. Na tarde de ontem o secretário de desenvolvimento agrário, Professor Neivaldo esteve em Guaxupé para uma reunião na sede da Amog.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *