Roberto Luciano é inocentado das acusações de superfaturmento de alimentos em sua administração

No último dia 30 de agosto, foi dada a sentença do processo contra o ex-prefeito de Guaxupé, Roberto Luciano Vieira pelo crime de improbidade administrativa. O ex-prefeito e o ex-secretário de finanças da cidade, Paulo Stempniewski, juntamente com empresa W. Amaral indústria e comercio de alimentos limitada eram indiciados num processo no Tribunal Federal de São Sebastião do Paraíso pela suspeita de superfaturamento na compra de merenda para as escolas da rede pública de Guaxupé em 2009. O juiz federal Marcelo Eduardo Rosseto Basseto julgou improcedente a acusação contra o petista e os outros indiciados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *