Redex começa a funcionar no Complexo Japy

Inaugurado o escritório do Recinto especial para despacho aduaneiro de exportação, o Redex, no complexo industrial Japy. O escritório vai atender empresas de toda a região.

Diversas autoridades estiveram presentes no Complexo Industrial Japy para a inauguração do Redex
O recinto especial para despacho aduaneiro de exportação, o Redex, foi inaugurado hoje no Complexo Industrial do Japy, em Guaxupé. O escritório é reivindicação antiga das empresas exportadoras de café da cidade, como a Cooxupé e o Grupo Olavo Barbosa.
O escritório do Redex ocupa uma das salas da administração do complexo industrial Japy, da Cooxupé. O escritório é uma parceria da Cooxupé com a delegacia regional da receita federal em Poços de Caldas.
Segundo Carlos Alberto Paulino da Costa, presidente Cooxupé, o Redex vem sendo solicitado desde 2008 pela Cooxupé e pelo grupo Olavo Barbosa.
O Redex vai atuar no despacho e fiscalização de documentos para a exportação. Com o trabalho, os contêineres já saem liberados para o embarque nos navios.
100% das exportações da região são feitas pelo porto de Santos, no estado de São Paulo, há 376 quilômetros de Guaxupé.
O Redex no complexo Japy é o único do Sul de Minas. O recinto vai atender a comunidade além das exportadoras de café. Outras empresas da região podem facilitar o despacho e sair do estado de Minas Gerais com a carga desembaraçada.
No primeiro dia de funcionamento do escritório, muito trabalho para o delegado adjunto. Carlos Augusto já tinha 40 processos de exportação para liberar. Nos dois últimos dias, a Cooxupé exportou 16 mil sacas de café arábica.
No ano passado a Cooperativa regional dos cafeicultores em Guaxupé exportou 2,11 milhões de saca. A expectativa para 2013 é que sejam vendidas para o exterior 2 milhões e 800 mil sacas de café. Além do Redex, foi inaugurado no complexo, o posto da Vigilância Agropecuária Internacional, o Vigiagro, que atua na inspeção fitossanitária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *