Número de partos

Dados do Ministério da Saúde mostram aumento no número de cesarianas realizadas no Brasil. Em 2010 o registro de cesarianas foi superior ao de partos normais. 52% das mulheres preferiram o parto cirúrgico. A recomendação da Organização Mundial da Saúde é que essa taxa fique apenas em 15%. Mas, na rede privada, esse índice de partos cesáreos chega a 82% e na rede pública a 37%.

E o Brasil deve registrar, com base nos dados do ano passado, a maior redução na mortalidade materna dos últimos dez anos. No primeiro semestre do ano passado, foram notificados 705 óbitos por causas obstétricas, o que representa uma queda de 19% em relação ao mesmo período de 2010. O balanço é do Ministério da Saúde. O avanço na redução reforça a tendência de queda apurada o longo dos últimos 20 anos. De 1990 a 2010, a mortalidade materna no Brasil caiu pela metade, de 141 para 68 óbitos para cada 100 mil nascidos vivos. Segundo dados do Ministério, 98% dos partos no Brasil são realizados em hospitais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *