Mais de 20 mulheres se formam em libras em Guaxupé

É raro encontrar pessoas capacitadas para conversar com deficientes auditivos na língua de sinais. A libra é como um outro idioma, precisa ser estudado e praticado todos os dias. Pensando na inclusão social, um grupo de mulheres se formaram neste fim de semana em um curso de libras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *