Dia mundial sem tabaco

foto: Reprodução TV Sul
foto: Reprodução TV Sul
31 de maio é celebrado o dia mundial sem tabaco, a data criada pela organização mundial da saúde, há 23 anos, traz melhorias e benefícios na luta contra esse inimigo poderoso.

Chumbo, arsênico, metanol, butano e tantos outros. São mais de quatro mil substâncias químicas, dentre elas 50 comprovadas como causadoras de câncer. Que o cigarro faz mal a maioria dos fumantes já sabe. Mas o que os dependentes precisam fazer para largar o vício?

Exemplo de força de vontade, o barbeiro, Edson Silva, começou a fumar ainda jovem e durante 45 anos fumou três carteiras de cigarro por dia. Há um ano e dois meses com o apoio da família e de um grupo terapêutico, Edson deu fim ao vício.

As vantagens ao parar são inúmeras e refletem na qualidade de vida, o ex-fumante conta com orgulho tudo já fez depois que largou o cigarro.

A vida de quem fuma é reduzida em pelo menos onze anos, e o uso prolongado da nicotina traz conseqüências sérias a saúde. Por isso a prevenção precisa ser a maior aliada dos jovens contra o cigarro.

Segundo a organização mundial de saúde a cada ano cerca de cinco milhões de pessoas morrem por fatores atribuídos ao uso do cigarro. esse certamente não será o destino do seu Edson que está determinado a não fumar nunca mais.

Para quem se interessou, os grupos de apoio possuem vinte vagas, atualmente com fila de espera e a abertura das turmas acontece semestralmente, basta procurar o posto de saúde do aroeira pessoalmente, ou pelo telefone 3551 1070.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *