Delegada da Mulher avalia os dois meses de funcionamento da delegacia especializada em Guaxupé

Segundo Sarah Santos, o número de denúncias de crimes contra a mulher cresceu, sinal de que as vítimas de violência doméstica estão quebrando o silêncio e correndo atrás dos seus direitos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *