|

Aprovada pela Câmara instauração da CPI da Copasa

A comissão irá investigar as declarações de dois secretários de governo do ex-prefeito Roberto Luciano, Mozart Faria, na época no meio ambiente e José Marcos de oliveira chefe de gabinete de Roberto, que afirmaram há algumas semanas na Comissão de Meio Ambiente que a rede de esgoto de Guaxupé foi vendida à Copasa para que as contas do governo de Roberto Luciano não fechassem no vermelho. Tal prática configura crime grave de responsabilidade fiscal segundo a constituição. Além disso as declarações afirmam que foi paga propina a membros do governo para a informação não ser divulgada .
Nós fomos ontem à Câmara Municipal e conversamos com o proponente da CPI o vereador Léo Moraes do PSDB.

Tags: ,

Deixe uma resposta