|

Guaxupé recebe a 1ª edição do Encontro Pedagógico de Materiais Estruturados

Estima-se que dois milhões de brasileiros possuem transtorno do espectro autista no Brasil. Em todo mundo este número pode chegar a 70 milhões de habitantes. Por isso desenvolver métodos para o ensino de pessoas com o transtorno é um desafio para os educadores. Foi por isso que Guaxupé recebeu o 1º Encontro Pedagógico de Materiais Estruturados.

Tags:

2 Respostas para “Guaxupé recebe a 1ª edição do Encontro Pedagógico de Materiais Estruturados”

  1. Claudia Moraes diz:

    Parabéns a Guaxupé, e o Grupo de Mães que proporcionou aos professores esse encontro maravilhoso, com muita troca de informações, e com muita conscientização sobre o Autismo!

  2. Que exemplo maravilhoso de respeito pelos alunos autistas, sua forma única de aprender, sim os autistas gostam do material concreto, são mais visuais que auditivos. O quanto ainda precisamos entende-los, respeita-los e dar a eles uma inclusão humanizada. Claudia Moraes uma profissional que ama a causa, que faz seu trabalho com esmero e respeito por esses autistas, todos, desde do pequeno, ao adulto. Parabéns mães e o poder publico, patrocidadores,professores (as) , lembro aqui uma frase da Temple Grandin,(autista de 67 anos). “Que ela devia aos bons prodfessores e a sua mãe o sucesso”. Temple é palestrante e Biologa. vocês plantaram uma semente valiosa, que dê muitos frutos, não parem…. Liê Ribeiro, poetisa, mãe de um rapaz autista 29 anos.

Deixe uma resposta