20 de novembro: Dia da Consciência Negra reveja uma reportagem especial

Em todo o país no dia 20 de novembro é comemorado o Dia da Consciência Negra,em referência a morte do líder quilombola Zumbi dos Palmares. A luta do negro no país parece não ter fim. É bem verdade que a grande maioria dos brasileiros vêm a data mais como um feriado do que como um dia para reflexão do papel do negro na sociedade e como o indivíduo de pele escura é tratado neste país. A influência desta raça é sempre lembrada pela música, lutas, religião e culinária. E o que parece é que tantos anos de trabalho escravo, condições sub humanas, maus tratos e humilhações só serviram mesmo para estigmatizar o cidadão que carrega na pele o tom do negativo, do pejorativo. No Brasil, o fim da escravidão é comemorado em 13 de maio. O dia em que, politicamente, e claro, teoricamente, o negro seria livre. Mas é hoje, 20 de novembro, o dia para reflexão de brancos, pardos, negros, amarelos ou vermelhos sobre a importância da consciência que dá título à comemoração de hoje. A valorização da maior parte da população do brasil ainda é algo muito distante, uma utopia talvez, mas que não pode deixar de ser cobrada. A luta tem que continuar sempre para que, quem sabe, um dia, nós negros possamos nos sentir parte de um todo, alguém que não é julgado pela melanina, pelo cabelo, pelos traços do rosto. E justamente pensando na consciência, reveja UMa reportagem de Henrique Brazão e Janine Coimbra exibida no Jornal TV Sul do dia 20 de novembro de 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *